Loading...

A importância da imaginação no desenvolvimento da criança

24.02.2020 0

O Carnaval é uma excelente altura para nos lembrarmos da importância da brincadeira e do “faz de conta”. Para os mais pequenos, esta altura é de muita excitação e azáfama na escolha da fantasia, onde as crianças podem ser tudo o que idealizaram: cowboys, princesas, super-heróis, fadas, sereias, polícias, … É uma época de alusão e incentivo à imaginação. 

 

Porque consideramos a imaginação importante para o desenvolvimento da criança?

 

As fantasias são essenciais no universo infantil, contribuindo para o desenvolvimento intelectual, afetivo e interpessoal das crianças. Através das brincadeiras onde as crianças incorporam as personagens de super-heróis, ou representam papéis da vida real, como pai, mãe, médico, professor/educador, … estão a aprender sobre formas de agir, de ser, formas de se relacionarem com os outros e com o mundo. A imaginação também ganha asas na elaboração de um desenho ou na hora do conto. Nestes, as crianças deixam registrado as suas preferências, vivências, a forma como entendem ou veem o mundo que as rodeia. 

A imaginação de um criança evolui a cada fase: 

  • até aos 3 anos a criança está na fase de experimentação, onde os objetos ganham vida e as crianças acreditam mesmo nisso;
  • Dos 3 aos 5 anos, os adultos são convidados e participar nas brincadeiras, ganhando as histórias mais sentido; 
  • Dos 6 aos 8 anos as histórias são lógicas, possuindo uma finalidade. 
  • Depois dos 8 anos, deixam de existir os amigos imaginários, passando a existir uma ligação entre a imaginação e as aventuras reais. 

 

Imaginar é fundamental ao longo da infância devendo ser incentivado pelos adultos, através do convite às brincadeiras em diferentes locais (jardim, parques, quarto, praia, etc.), com uso de vários materiais (caixão de cartão, massas, almofadas, plasticinas, folhas das árvores, etc.), à hora do conto (favorece a ampliação de ideias, auxilia na aquisição da linguagem oral e escrita) e às diferentes conversas sobre vários assuntos (ampliação do vocabulário).

A exploração do mundo, e constante aprendizagem e sentido de seus elementos, emoções, sensações e transformações é um dos grandes motores do desenvolvimento da criança. Valorizar a imaginação infantil e deixar espaço para o seu crescimento é uma das formas de favorecer as aprendizagens dos mais pequenos. Podemos definir o mundo imaginário das crianças como uma “caixinha de surpresas”, capaz de brotar pensamentos, ações e comentários por vezes engraçados mas fascinantes. Por este motivo é importante não reprimir o que é dito ou fantasiado pelas mais novos, uma vez que crianças muito imaginativas são também muito criativas. 

Podemos então concluir que usando a imaginação e capacidade criativa, a criança cria e transforma os seus próprios brinquedos, embarcando numa brincadeira que contribuirá para o seu desenvolvimento.