Mapa de Aulas

Mapa de Aulas - Geral
Legenda:
N1Nível 1
N2Nível 2
N3Nível 3
N4Nível 4
N5Nível 5
SBSmart Balance
SASmart Age
SFSmart Fit
SWSmart Weight
Dia / HoraSegundaTerçaQuartaQuintaSextaSábadoDomingo
07:00
-
08:00
SW/SB
N4
ESTÚDIO 1HIIT
07:10
-
07:40
SW
N4
ESTÚDIO 1BODY COMBAT
07:10
-
07:40
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
07:10
-
07:40
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
07:10
-
07:40
SM
N2
ESTÚDIO 1POSTURA E ALONGAMENTOS
07:10
-
07:55
08:00
-
09:00
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
08:30
-
08:45
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
08:30
-
08:45
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
08:30
-
08:45
SW/SB
N4
ESTÚDIO 2HIIT
08:50
-
09:20
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
08:30
-
08:45
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
08:30
-
08:45
09:00
-
10:00
SW
N4
ESTÚDIO 2BODY ATTACK
09:15
-
09:45
SB
N3
ESTÚDIO 2TRX
09:15
-
09:45
SF
N3
ESTÚDIO 1BODY PUMP
09:30
-
10:15
SW
N1
ESTÚDIO 1STEP
09:30
-
10:00
SW/SB
N4
ESTÚDIO 1HIIT
09:15
-
09:45
SB
N3
ESTÚDIO 1TOTAL
09:10
-
09:40
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
09:45
-
10:00
10:00
-
11:00
SM
N2
ESTÚDIO 1POSTURA E ALONGAMENTOS
10:00
-
10:45
SW
N3
ESTÚDIO 3SPINNING
10:35
-
11:05
SW
N3
ESTÚDIO 3SPINNING
10:00
-
10:30
SB
N1
ESTÚDIO 1YOGA
10:35
-
11:20
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
10:30
-
11:00
SB
N3
ESTÚDIO 2TRX
10:05
-
10:35
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
10:00
-
10:30
SF
N3
ESTÚDIO 1BODY PUMP
10:45
-
11:15
SM
N2
ESTÚDIO 1POSTURA E ALONGAMENTOS
10:00
-
10:45
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
10:15
-
10:30
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
10:35
-
11:05
11:00
-
12:00
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:15
-
11:30
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:15
-
11:30
SM
N2
ESTÚDIO 2POSTURA E ALONGAMENTOS
11:00
-
11:45
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:15
-
11:30
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:15
-
11:30
SB
N1
ESTÚDIO 1YOGA
11:30
-
12:15
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:15
-
11:30
SF
N3
ESTÚDIO 1BODY PUMP
11:00
-
11:30
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:30
-
11:45
SF
N1
SALA DE EXERCÍCIOABS
11:30
-
11:45
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
11:45
-
12:30
12:00
-
13:00
13:00
-
14:00
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
13:10
-
13:40
SW/SB
N4
ESTÚDIO 1HIIT
13:10
-
13:40
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
13:45
-
14:15
SB
N3
ESTÚDIO 2TRX
13:10
-
13:40
14:00
-
15:00
15:00
-
16:00
16:00
-
17:00
17:00
-
18:00
SB
N3
ESTÚDIO 2TRX
17:30
-
18:00
SB
N3
ESTÚDIO 1TOTAL
17:50
-
18:20
SW/SB
N4
ESTÚDIO 2HIIT
17:50
-
18:20
SW/SB
N4
ESTÚDIO 1HIIT
17:50
-
18:20
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
17:50
-
18:20
18:00
-
19:00
SB
N1
ESTÚDIO 2YOGA
18:15
-
19:00
SW
N4
ESTÚDIO 1BODY COMBAT
18:30
-
19:15
SA
N2
ESTÚDIO 2ZUMBA
18:30
-
19:00
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
18:40
-
19:10
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
18:45
-
19:30
SF
N3
ESTÚDIO 1BODY PUMP
18:30
-
19:15
SB
N1
ESTÚDIO 2YOGA
18:45
-
19:30
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
18:30
-
19:00
SB
N1
ESTÚDIO 2BODY BALANCE
18:45
-
19:15
SB
N3
ESTÚDIO 2TRX
18:00
-
18:30
SB
N1
ESTÚDIO 2PILATES
18:45
-
19:30
19:00
-
20:00
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
19:00
-
19:30
SW/SB
N4
ESTÚDIO 2HIIT
19:15
-
19:45
SF
N3
ESTÚDIO 1BODY PUMP
19:30
-
20:15
SB
N3
ESTÚDIO 2TRX
19:20
-
19:50
SW
N1
ESTÚDIO 1STEP
19:30
-
20:00
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
19:30
-
20:00
SB
N3
ESTÚDIO 1BUNDA
19:30
-
20:00
SW
N3
ESTÚDIO 3SPINNING
19:00
-
19:30
SF
N3
ESTÚDIO 1BODY PUMP
19:30
-
20:00
SW
N4
ESTÚDIO 2BODY ATTACK
19:45
-
20:15
SW
N3
ESTÚDIO 3CYCLE
19:30
-
20:00

Informações: A Solinca reserva-se ao direito de livremente modificar as atividades e horários. Mais informações na receção do Clube.

Legenda:
N1Nível 1
N2Nível 2
N3Nível 3
N4Nível 4
N5Nível 5
SBSmart Balance
SASmart Age
SFSmart Fit
SWSmart Weight
  • Segunda

    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      08:30 - 08:45
    • BODY ATTACK (ESTÚDIO 2)
      SW
      09:15 - 09:45
    • POSTURA E ALONGAMENTOS (ESTÚDIO 1)
      SM
      10:00 - 10:45
    • SPINNING (ESTÚDIO 3)
      SW
      10:35 - 11:05
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:15 - 11:30
    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      13:10 - 13:40
    • TRX (ESTÚDIO 2)
      SB
      17:30 - 18:00
    • YOGA (ESTÚDIO 2)
      SB
      18:15 - 19:00
    • BODY COMBAT (ESTÚDIO 1)
      SW
      18:30 - 19:15
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      19:00 - 19:30
    • HIIT (ESTÚDIO 2)
      SW/SB
      19:15 - 19:45
    • BODY PUMP (ESTÚDIO 1)
      SF
      19:30 - 20:15
  • Terça

    • HIIT (ESTÚDIO 1)
      SW/SB
      07:10 - 07:40
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      08:30 - 08:45
    • TRX (ESTÚDIO 2)
      SB
      09:15 - 09:45
    • SPINNING (ESTÚDIO 3)
      SW
      10:00 - 10:30
    • YOGA (ESTÚDIO 1)
      SB
      10:35 - 11:20
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:15 - 11:30
    • HIIT (ESTÚDIO 1)
      SW/SB
      13:10 - 13:40
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      13:45 - 14:15
    • TOTAL (ESTÚDIO 1)
      SB
      17:50 - 18:20
    • ZUMBA (ESTÚDIO 2)
      SA
      18:30 - 19:00
    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      18:40 - 19:10
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      18:45 - 19:30
    • TRX (ESTÚDIO 2)
      SB
      19:20 - 19:50
    • STEP (ESTÚDIO 1)
      SW
      19:30 - 20:00
  • Quarta

    • BODY COMBAT (ESTÚDIO 1)
      SW
      07:10 - 07:40
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      08:30 - 08:45
    • HIIT (ESTÚDIO 2)
      SW/SB
      08:50 - 09:20
    • BODY PUMP (ESTÚDIO 1)
      SF
      09:30 - 10:15
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      10:30 - 11:00
    • POSTURA E ALONGAMENTOS (ESTÚDIO 2)
      SM
      11:00 - 11:45
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:15 - 11:30
    • HIIT (ESTÚDIO 2)
      SW/SB
      17:50 - 18:20
    • BODY PUMP (ESTÚDIO 1)
      SF
      18:30 - 19:15
    • YOGA (ESTÚDIO 2)
      SB
      18:45 - 19:30
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      19:30 - 20:00
    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      19:30 - 20:00
  • Quinta

    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      07:10 - 07:40
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      08:30 - 08:45
    • STEP (ESTÚDIO 1)
      SW
      09:30 - 10:00
    • TRX (ESTÚDIO 2)
      SB
      10:05 - 10:35
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:15 - 11:30
    • YOGA (ESTÚDIO 1)
      SB
      11:30 - 12:15
    • TRX (ESTÚDIO 2)
      SB
      13:10 - 13:40
    • HIIT (ESTÚDIO 1)
      SW/SB
      17:50 - 18:20
    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      18:30 - 19:00
    • BODY BALANCE (ESTÚDIO 2)
      SB
      18:45 - 19:15
    • SPINNING (ESTÚDIO 3)
      SW
      19:00 - 19:30
    • BODY PUMP (ESTÚDIO 1)
      SF
      19:30 - 20:00
    • BODY ATTACK (ESTÚDIO 2)
      SW
      19:45 - 20:15
  • Sexta

    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      07:10 - 07:40
    • POSTURA E ALONGAMENTOS (ESTÚDIO 1)
      SM
      07:10 - 07:55
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      08:30 - 08:45
    • HIIT (ESTÚDIO 1)
      SW/SB
      09:15 - 09:45
    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      10:00 - 10:30
    • BODY PUMP (ESTÚDIO 1)
      SF
      10:45 - 11:15
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:15 - 11:30
    • BUNDA (ESTÚDIO 1)
      SB
      17:50 - 18:20
    • TRX (ESTÚDIO 2)
      SB
      18:00 - 18:30
    • PILATES (ESTÚDIO 2)
      SB
      18:45 - 19:30
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      19:30 - 20:00
  • Sábado

    • TOTAL (ESTÚDIO 1)
      SB
      09:10 - 09:40
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      09:45 - 10:00
    • POSTURA E ALONGAMENTOS (ESTÚDIO 1)
      SM
      10:00 - 10:45
    • BODY PUMP (ESTÚDIO 1)
      SF
      11:00 - 11:30
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:30 - 11:45
  • Domingo

    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      10:15 - 10:30
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      10:35 - 11:05
    • ABS (SALA DE EXERCÍCIO)
      SF
      11:30 - 11:45
    • CYCLE (ESTÚDIO 3)
      SW
      11:45 - 12:30

Informações: A Solinca reserva-se ao direito de livremente modificar as atividades e horários. Mais informações na receção do Clube.

Horário

2ª a 6ª Feira:

07:00 - 22:00

Sábados

09:00 - 18:00

Domingos e Feriados

09:00 - 14:00

Contacto

Praça Ernesto Melo Antunes Loja 8F
2700-003 Amadora
Icons finais 10 400x400 1

Aulas de grupo incluídas

Icons finais 12 400x400 1
Consultas de nutrição
performance

Planos de treino individualizados

Icon estacionamento
Estacionamento gratuito
treinofuncional
Zona diferenciada de treino funcional (Dare Zone)
icon luz
Área de ginásio com luz natural

Últimos artigos

gluten

Devemos ou não comer coisas com glúten?

Cada vez mais existem pessoas que deixam de comprar e consumir comida sem glúten – mas nem todas têm necessidade em seguir esse tipo de dieta.   Não obstante a falta de clareza científica, a alimentação sem glúten parece ter chegado para ficar, quer seja moda para alguns ou necessidade para outros.   A questão é, o Glúten deve ser evitado na nossa alimentação ou não?   As pessoas adeptas da alimentação sem glúten estão a tomar a decisão certa?   Existem opiniões contrárias de médicos, nutricionistas e outros profissionais de saúde, alguns defendendo o consumo do glúten e outros defendendo a eliminação do mesmo na alimentação. Enquanto isso, parte da confusão pode ser esclarecida e é o que vamos tentar fazer com este artigo.   Para poder falar sobre este assunto é preciso saber primeiro o que é o Glúten e entender melhor como ele funciona no nosso organismo.   O glúten é a principal proteína presente nos grãos de trigo, aveia, centeio e cevada, além do malte (subproduto da cevada).   Esta substância possui diferentes finalidades na produção dos alimentos. No processo de fermentação do pão, por exemplo, o glúten contido na farinha de trigo é o responsável pela permanência dos gases no interior da massa, fazendo com que o pão aumente de volume e não diminua após arrefecer.   Ele faz mal?O Glúten é extremamente prejudicial para pessoas que sofrem da doença celíaca, pois provoca uma reação imunitária que danifica o intestino delgado e impede a absorção de nutrientes.   Uma pessoa com doença celíaca ao comer glúten poderá ter sintomas como: dores de estômago, inchaço, azia, dores nas articulações, dor de cabeça, erupções cutâneas, fadigam, insónia e confusão mental, entre outros.   Existe no entanto o que se pode chamar de Sensibilidade ao glúten o pode levar a sintomas semelhantes à doença celíaca, como dores de estômago, diarreia e distensão abdominal. Mas, ao contrário da doença celíaca, a sensibilidade não danifica o intestino.   O glúten não faz mal a pessoas sem doença celíaca ou com algum tipo de sensibilidade ao Glúten, pois não sofrem as reacções químicas que danificam o intestino. Há alguns relatos de pessoas que se sentem com distensão abdominal ao consumir grande quantidade de alimentos ricos em glúten, mas esse sintoma não tem nada a ver especificamente com essa proteína. Glúten e Emagrecimento Na realidade existe um número crescente de celebridades e adeptos da boa forma física que afirmam ter emagrecido por retirarem o glúten da sua alimentação. Porém, o fato é que não há estudos que comprovem a relação entre a ausência de glúten e o emagrecimento. Mas ainda assim, o assunto é controverso entre especialistas.   Nas pessoas saudáveis, o problema não é que a substância em si engorde, mas sim o fato da mesma estar presente nos maiores vilões do emagrecimento, como os produtos à base de farinha branca. Então, ao “eliminar o glúten” acaba-se por eliminar todos esses alimentos indiretamente, o que pode sim promover o emagrecimento na maioria das vezes. Mas cuidado, isso nem sempre é verdade: por exemplo, não adianta trocar um biscoito com farinha de trigo (com glúten) por um com farinha de arroz (sem glúten) e consumir em grande quantidade. O importante é uma alimentação equilibrada.   Em resumo   Vantagens da Dieta sem Glúten Esta dieta só deve ser seguida por pessoas portadoras da doença celíaca, na qual há uma intolerância do organismo em relação ao glúten, o que pode ocasionar lesões na parede intestinal que pode resultar em deficiência na absorção de nutrientes.   Desvantagens da Dieta sem Glúten Não existem evidências científicas que comprovem que a exclusão dessa proteína por pessoas que não possuam a intolerância ao glúten favorecerá o emagrecimento.

Ler mais
mitos alimentacao

Mitos sobre Alimentação

Dieta saudável é um dos temas mais discutidos atualmente e talvez por isso vários mitos sobre alimentação acabam por surgir. Muitos deles são tão antigos e enraizados que se torna difícil fazer as pessoas mudarem de ideias.   Comer ananás após as refeições faz com que a gordura não seja absorvida O ananás quando consumido após as refeições auxilia no processo digestivo, mas não diminui os valores calóricos nem interfere na absorção das gorduras das refeições.   O ovo aumenta o colesterol? O ovo, por conter na gema aproximadamente 213mg de colesterol, foi considerado um vilão da dieta e a sua recomendação foi limitada durante muito tempo. Hoje, muitos estudos demonstram uma relação inversa entre o consumo de ovo e aumento de colesterol e ainda enfatizam os benefícios que podem trazer à saúde, entre eles memória, capacidade cognitiva e formação de novos neurónios. Estudos científicos comprovam que as doenças cardiovasculares estão mais relacionadas com as complicações hereditárias e maus hábitos alimentares, como ingerir gorduras saturadas, principalmente as trans, do que com os níveis de colesterol dos ovos.   Preferir pão integral ajuda a emagrecer Se for escolher entre o pão integral ou o branco, prefira o integral. Na verdade, ambos têm a mesma quantidade de calorias, ao contrário do que muitos acreditam, mas a vantagem é que o integral apresenta mais fibras e micronutrientes. As fibras contribuem para a saciedade e melhoram o funcionamento do intestino.   Dieta sem glúten pode melhorar a saúde Cada vez mais se ouve falar nas dietas sem glúten. Elas são destinadas exclusivamente a pessoas com doença celíaca e intolerância ao glúten, porém, estão cada vez mais em evidência e a ser utilizadas até mesmo por quem não precisa. No entanto, há pouca evidência (quase nenhuma) de que evitar o glúten faz bem para a população em geral.   O sal marinho é mais saudável que o sal de mesa (refinado) São obtidos de forma diferente, mas ambos têm o mesmo teor de sódio (575 miligramas por colher de chá) e podem vir a provocar pressão arterial elevada na mesma proporção.   Comer cenoura melhora a visão Embora a cenoura seja rica em betacaroteno, um componente da vitamina A, ela não tem ação direta sobre a visão   Os nutrientes da batata estão todos na casca Embora ela seja, sim, nutritiva, apenas 20% dos nutrientes encontrados no alimento integral se encontra na casca.   Bebidas com gás causam descalcificação óssea Existe a crença de que o gás torna o sangue mais ácido, contribuindo para a dissolução gradual da massa óssea. Na realidade, o que ocorre com a ingestão de bebidas gaseificadas é a fixação do dióxido de carbono pelos glóbulos vermelhos que, sendo transportado para os pulmões, é trocado por oxigénio. A própria digestão dos alimentos gera a maior parte de dióxido de carbono transportado pelo sangue.   Os vegetais perdem nutrientes quando congelados Congelar o alimento mantém-no mais próximo do seu estado natural e desta forma mantem os nutrientes. Além disso, a baixa temperatura impede a ação dos microorganismos.   Beber água durante a refeição engorda A água não engorda, pois não possui calorias. A bebida em excesso durante as refeições dilui os sucos gástricos, com isso dificultando a digestão. Também pode dilatar o estômago, aumentando a fome nas próximas refeições.   Alimentos integrais não engordam Os alimentos integrais possuem as mesmas ou até mais calorias que os alimentos refinados. A única diferença é que são ricos em vitaminas, minerais e fibras. Saciam mais e são absorvidos pelo corpo mais lentamente. Mas se forem consumidos em excesso, também podem aumentar o peso.   Cerveja aumenta a barriga Depende de cada pessoa, se possui tendência em acumular gordura na região abdominal ou não (genética). Geralmente o aumento da barriga acompanha o aumento de peso, causado pela ingestão de calorias superiores às necessidades diárias individuais de cada organismo. Não é a cerveja que vai determinar se a pessoa terá barriga ou não, e sim todo o conjunto da alimentação   Pão torrado engorda menos que o pão fresco Não. Podem apresentar as mesmas calorias. A única diferença é que perde água e fica mais seco, dando a sensação de maior saciedade. Interessante nas dietas de emagrecimento.   Não se deve beber às refeições Até 1 copo de 200ml não atrapalhará a digestão. O recomendado é beber água. Já refrigerantes ou bebidas com gás são ricas em fósforo e em geral possuem cafeína que prejudicam a absorção do cálcio, do ferro e das vitaminas da refeição.   Comer rápido engorda A velocidade da ingestão de alimentos não determina o engordar. O que acontece é que a pessoa ao ingerir alimentos tão rapidamente e ao não ficar satisfeita, acaba por consumir mais sem dar por isso.

Ler mais
artigo o as pessoas

O que não precisa de estar no frigorífico e que a grande maioria das pessoas coloca

Ao contrário do que se pensa, nem todos os alimentos devem ser colocados no frigorífico, já que o frio pode alterar o seu sabor e as suas propriedades organolépticas. Saiba quais os alimentos que devem ficar de fora.   Vou apresentar os alimentos que surpreendentemente são melhores quando os tiramos do frigorífico: 1. Ovos Já reparou que no supermercado os ovos não estão refrigerados? Igualmente também em casa não precisa de mantê-los no frigorífico. A forma como os ovos que compramos são processados faz com que não corram o risco de desenvolver salmonela à temperatura ambiente. 2. Manteiga Um dos alimentos mais discutidos na questão “armazenamento” é a manteiga. Devemos mantê-la dentro ou fora do frigorífico?   Tal como acontece com muitos debates culinários, não há uma resposta definitiva para esta questão. De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, deve armazenar a manteiga na sua embalagem no frigorífico e passá-la para fora apenas 10 a 15 minutos antes de usá-la.   Apesar de ser um subproduto lácteo, a manteiga pode igualmente ser guardada à temperatura ambiente sem que isso afecte significativamente a sua longevidade.   Se não usar a manteiga com muita regularidade e desejar conserva-la por um maior período de tempo, mantenha a embalagem no frigorífico e vá retirando para uma manteigueira pequenos pedaços à medida que for consumindo. 3. Mel O mel é dos alimentos com maior longevidade quer refrigerado quer à temperatura ambiente. Neste caso, colocar o mel no frigorífico acaba por ser contra producente pois faz com que ganhe cristais sólidos mais difíceis de dissolver. 4. Bolos A maioria dos bolos quando colocados no frigorífico seca mais rapidamente. Os bolos sem recheio ou apenas com cobertura de açúcar podem ser guardados em tupperwares ou caixas herméticas à temperatura ambiente por cerca de 3 dias sem se estragarem e mantendo a sua humidade. Para preservar bolos durante mais tempo pode também colocá-los no congelador. 5. Abacate Se comprar abacates maduros e não quiser consumi-los de imediato, não deve colocá-los no frigorífico para “aguentarem mais tempo”. Opte por conservá-los num lugar fresco, com pouca luz. Se colocar os abacates no frigorífico, estes vão ficar negros e duros como uma pedra. 6. Banana Tal como abacate, só se devem colocar bananas maduras no frigorífico. O frio inibe o processo de amadurecimento da banana e se elas forem colocadas muito verdes acabam por se estragar sem atingir o grau de amadurecimento ideal. 7. Melão Para que o melão se mantenha doce e saboroso ele só deve ser colocado no frigorífico depois de aberto. 8. Tomate O tomate perde todo o seu sabor no frigorífico.   O ar frio do frigorífico interrompe o processo de amadurecimento que é precisamente o que dá ao tomate mais sabor. O frigorífico também altera a textura do tomate. De acordo com Harold McGee no livro “On Food and Cooking”, a temperatura fria rompe as membranas no interior dos frutos, deixando-os“farinhentos”. Mantenha os seus tomates numa tigela ou cesta em cima do balcão da cozinha. 9. Manjericão O Manjericão murcha mais rapidamente se deixado no frigorífico e também absorve todos os cheiros das comidas à sua volta. É melhor guardá-lo fora, num copo de água fresca, como uma flor recém-cortada. Se deseja armazenar manjericão por longo tempo, é recomendável fervê-lo e congelá-lo. 10. Batatas Guardar batata na temperatura fria do frigorífico vai transformar o amido em açúcar mais rapidamente, de modo que vai ficar com uma batata doce e dura. Em vez de colocar as batatas no frigorífico, guarde-as num saco de papel num local fresco, mas não frio. Sacos de papel funcionam melhor do que os de plástico porque deixam a batata respirar melhor, não apodrecendo tão rápido. Tudo isto vale para a batata-doce também. 11. Cebolas Se guardar as cebolas no frigorífico, a humidade acabará por deixá-las macias e a cheirar a mofo. Mantenha as cebolas num lugar fresco e seco. Vale a pena mencionar que cebolas devem ser mantidas separadas das batatas; quando armazenadas em conjunto, ambas se deterioram mais rapidamente. 12. Alho Quando coloca os alhos no frigorífico, eles vão começar a secar. Para evitar que isso aconteça, armazene-os num saco num lugar fresco e seco. 13. Pão O pão no frigorífico seca rapidamente e fica rijo. É preferível guardá-lo num saco de pano para evitar que fique duro. Se não o consumir nos dias seguintes à compra, a melhor opção é cortá-lo em fatias, envolvê-lo em papel plástico para conservar a sua humidade e congelá-lo. Quando o retirar do congelador deve deixá-lo descongelar antes de o comer. 14. Azeite Deve armazenar o azeite num local fresco e escuro, mas não no frigorífico, onde irá condensar e adquirir uma consistência dura, quase como a da manteiga. 15. Café Se deixar café no frigorífico, vai perder o sabor e assumir alguns dos odores de outros alimentos no local. Deve armazenar café num local fresco e escuro, onde irá manter o sabor e a frescura. A luz e o calor são “os principais inimigos do café.” 16. Frutas tropicais: abacaxi, banana, papaia As baixas temperaturas anulam as enzimas que permitem que as frutas tropicais como o abacaxi, a banana e a papaia amadureçam. O frio faz com que sua polpa fique mole e que a sua pele fique negra. Segundo o especialista em nutrição McGee, esses frutos estão habituados a temperaturas mais altas, por isso não é aconselhável armazená-los a temperaturas abaixo dos 10 °C. 17. Chocolate Quantas vezes colocaram um chocolate no frigorífico para que este não derretesse com o calor? Um dos alimentos que mais dúvidas podem levantar sobre a conveniência de colocá-lo ou não no frigorífico é o chocolate. No entanto, os especialistas são muito claros, o chocolate não deve ser colocado no frigorífico, a não ser que tenha recheio de leite ou esteja muito calor.   O frio faz com que o chocolate ganhe uma espécie de revestimento branco, o que significa que há alteração do seu sabor e textura. O ideal é comprar um chocolate e

Ler mais