Loading...

Como controlar o apetite estando em casa?

29.04.2020 0

Comer é reconfortante. Muitas vezes, é a primeira coisa que pensamos quando estamos diante de uma situação stressante ou estamos preocupados com alguma coisa. Nesta época de insegurança social, sentimo-nos mais frágeis e sensíveis e passando mais tempo em casa, aumentando assim o grau de sedentarismo, temos assim a conjuntura ideal para poder comer mais e automaticamente por em risco o equilíbrio do nosso peso.

Ao ter mais tempo livre vai poder acabar por pensar mais em comida, logo em “petiscar mais”. Em casa, o acesso aos alimentos está mais facilitado e com isso, por norma, um maior volume alimentar é consumido.

Continue a pensar mais em si, na sua saúde e no seu objetivo, continue a trabalhar para ele, não perca o seu foco! Exercite-se e pratique uma alimentação correta.

O segredo está em comer nas quantidades e a horas certas para não exagerar ou passar fome. Comece por organizar o seu tempo e estipular um horário fixo para as suas refeições diárias. Experimente seguir estas dicas:

  1. Planeie as refeições e os horários, e coma antes de ter fome. Quando estamos com fome, acabamos por comer mais que o necessário. Em vez de tentarmos resistir à fome, vamos antecipar-nos a ela. Se se organizar e comer a horas certas será menos propício a passar por essa fome crítica.
  2. Planeie as suas compras no supermercado. Compre o necessário para esta fase, os bens essenciais e saudáveis. Compre o descrito no seu plano alimentar. Evite ter na sua dispensa alimentos com grande volume alimentar e com grandes quantidades de açúcar e gordura.
  3. Sente-se confortavelmente à mesa com a família e gaste mais tempo a apreciar a refeição. Demoramos a sentir-nos saciados (cerca de 20 minutos), comer mais devagar vai permitir que esse processo de saciedade seja mais eficaz.  O simples ato de comer mais lentamente faz com que o nosso cérebro entre em sintonia com nosso estômago levando a consumir menor volume de alimentos na refeição. Além disso, vai apreciar mais a comida!
  4. Hidratação, ir bebendo água ao longo do dia. Não é segredo para ninguém que a desidratação produz uma sensação que é facilmente confundida com fome. Uma boa ingestão de água vai manter o nosso corpo disposto, a nossa mente alerta e previne a tal sede que faz pensar estar com mais fome. Agora estando em casa pode até optar por criar as suas águas aromatizadas com legumes, ervas aromáticas, frutas ou cascas de frutas (ex: laranja, frutos vermelhos, pepino, hortelã ou manjericão…)
  5. Uma boa ingestão proteica (fontes de proteína magras como iogurtes magros, pudins proteicos, queijo fresco magro ou outro light, ovos, carne ou peixe, tofu (se preferir uma fonte vegetal), ou até barras proteicas baixas em hidratos de carbono, permitem prolongar a sensação de saciedade.
  6. Criar receitas mais saudáveis também pode ser um passatempo. Cozinhe aquelas panquecas que tem em mente, crie umas papas de aveia no forno, ou outras receitas saudáveis que pode encontrar aqui.

Nutricionista Catarina Serpa (3435N)