Loading...

É possível ter excesso de peso e ser saudável?

24.03.2021 0

O Índice de Massa Corporal (IMC) é uma medida que relaciona o peso e a altura. Quando o IMC é superior a 25, considera-se que o individuo tem excesso de peso e apresenta risco de desenvolver doenças tais como diabetes, patologias cardíacas, cancro, entre outras.

No entanto, há exceções à regra!

O IMC é uma medida útil para monitorizar a saúde mas tem as suas limitações. O valor que surge na balança não diz respeito apenas a gordura, mas também a água, músculo, osso, entre outros constituintes do organismo. Assim sendo, quando se calcula o IMC não se tem em conta a quantidade de gordura do organismo, nem onde a mesma se encontra distribuída.

Então quando é que uma pessoa pode ter excesso de peso e ainda assim ser saudável?

Quanto a composição corporal e a distribuição de gordura está dentro dos valores recomendados, apesar do IMC ser superior a 25. É habitual acontecer em indivíduos que tenham elevada massa muscular e/ou elevada retenção hídrica, ou elevada densidade óssea.

Neste sentido, a percentagem total de massa gorda no organismo é um melhor indicador do que o IMC para avaliar o excesso de peso. Aconselha-se a que homens e mulheres tenham uma percentagem de gordura inferior a 25% e 32%, respetivamente.

Mais importante ainda será entender onde a gordura está distribuída. Sabe-se que a gordura em redor dos órgãos vitais apresenta uma maior risco para a saúde do que a gordura subcutânea. Quer para homens, quer para mulheres, aconselha-se que a gordura em redor dos órgãos, designada de gordura visceral, não ultrapasse os 100cm2.

Onde pode avaliar a sua percentagem e distribuição de gordura?

Através de uma balança com impedância bioelétrica, de preferência tetrapolar. Para resultados mais pormenorizados e aconselhamento nutricional personalizado, pode ainda realizar o exame de avaliação corporal avançada junto do nutricionista do seu clube Solinca e ficar a conhecer a sua distribuição de gordura, músculo, água, proteínas, entre outros parâmetros importantes para avaliar a sua saúde.

Marta Sócrates Martins (3766N)

Nutricionista Solinca Classic

Bibliografia

World Health Organisation (2016) Obesity and overweight. Geneva: WHO Media Center

Lemos T, Gallagher D (2017) Current body composition measurement techniques. Curr Opin Endocrinol Diabetes Obes 24(5):310–314.

Lebiedowska, A., Hartman-Petrycka, M. & Błońska-Fajfrowska, B. How reliable is BMI? Bioimpedance analysis of body composition in underweight, normal weight, overweight, and obese women. Ir J Med Sci (2020). https://doi.org/10.1007/s11845-020-02403-3

Inbody (2020), What is Body Composition?, Biospace