Loading...

Quer ser mais saudável? Nós ajudamos!

08.11.2021 0

Independentemente do género, idade e condição socioeconómica, a melhoria ou manutenção de bons níveis de saúde e consequentemente da nossa qualidade de vida são objetivos comuns a todos nós.

Importa relembrar que o conceito de saúde não se remeta apenas à ausência de doença, mas também, e fundamentalmente, a um completo bem-estar físico, mental e social. Neste sentido, para sermos mais saudáveis devemos adotar estilos de vida que atuem positivamente no bem-estar físico, mental e social.

Pode intervir separadamente em cada uma das componentes da saúde (ex.: ler um bom livro vai ajudar-lhe maioritariamente na perspetiva mental; usar as escadas ao invés do elevador vai ajudar-lhe maioritariamente na perspetiva física; fazer uma almoçarada com os amigos vai ajudar-lhe maioritariamente na perspetiva social) mas também pode optar por atuar em simultâneo nas três componentes da saúde. Nesta perspetiva, o exercício físico é uma excelente estratégia, senão veja:

  • São inúmeros e já muito conhecidos os benefícios do exercício físico na componente física da saúde:
  • Reduz o risco de morte prematura;
  • Reduz o risco de morte por doenças cardíacas ou AVC, que são responsáveis por 30% de todas as causas de morte;
  • Reduz o risco de vir a desenvolver doenças cardíacas, cancro do cólon e diabetes tipo II;
  • Ajuda a prevenir/reduzir a hipertensão, que afeta 20% da população adulta mundial;
  • Ajuda a controlar o peso e diminui o risco de se tornar obeso;
  • Ajuda a prevenir/reduzir a osteoporose;
  • Reduz o risco de desenvolver dores lombares e pode ajudar no tratamento de situações dolorosas, nomeadamente dores nos joelhos;
  • Ajuda no crescimento e manutenção dos ossos, músculos e articulações saudáveis;
  • Ajuda a preservar e aumentar a massa magra, bem como, ajuda a manter a taxa de metabolismo de repouso e a massa livre de gordura, contribuindo para uma composição corporal saudável.
  • A nível mental, o exercício físico:
    • aumenta o fluxo sanguíneo cerebral (com maior aporte de nutrientes);
    • aumenta a atividade de neurotransmissores sinápticos;
    • facilita a ativação de mais regiões cerebrais;
    • aumenta a neurogénese e plasticidade neural;
    • melhora a função cognitiva (perceção, aprendizagem, memória, atenção, vigilância, raciocínio e solução de problemas).
    • Promove o bem-estar psicológico, reduz o stress, ansiedade e depressão;
    • No fundo, melhora e protege a função cerebral atuando inclusive na diminuição dos níveis e efeitos da depressão;
  • Promove a interação social, a participação na Comunidade e melhora os níveis de coesão social – seja através de uma aula de grupo, seja em contexto de sala de exercício/piscina, o ginásio é um local de pessoas para pessoas onde pode colher os benefícios sociais para a sua saúde.

E nunca é tarde para começar…sabemos que estes benefícios são transversais a qualquer idade, independentemente de ter um passado desportivo rico ou ser eventualmente mais sedentário.

Por isso, convidámo-lo a adotar um estilo de vida mais saudável e com mais energia e vigor. Procure um profissional da área do exercício físico, marque a sua avaliação física inicial e inicie uma nova fase da sua vida: com mais movimento e com mais saúde!

Bons Treinos!